Cidades brasileiras não possuem plano para coleta de resíduos sólidos

O Brasil possui 5.570 cidades e quase metade delas não têm plano integrado para o manejo do lixo, o qual é condição para que as prefeituras recebam recursos, financiamentos e incentivos para a área de coleta de resíduos sólidos.

De acordo com a legislação, o plano possui 19 itens obrigatórios que incluem metas de redução de quantidade de rejeitos por meio de reciclagem e reutilização de materiais, diagnóstico da situação dos resíduos sólidos no município, além de regras para o transporte e gerenciamento do lixo.

Um estudo realizado pelo IBGE mostrou que a existência de um plano é mais frequente em cidades mais populosas. Municípios com mais 500 mil habitantes possuem 83% de plano de coleta de lixo. Estados como Mato Grosso do Sul e o Paraná apresentam o maior índice de cidades com programas de resíduos sólidos e, os menores índices são da Bahia e Piauí. Outros, como Rio de Janeiro e Minas Gerais estão abaixo da média nacional.

Muitas das cidades brasileiras registraram ocorrência de impactos ambientais e em 46% do casos, a causa principal foi uma condição climática externa como enxurradas e secas. O segundo motivo é a falta de saneamento básico (36%) e seguida das queimadas (33%).

Por isso que empresas como a Inovar Ambiental trabalham com o gerenciamento correto de cada tipo de resíduo, desde a coleta ao tratamento dos mesmos. Contribuindo para um futuro mais sustentável com ética, compromisso social e responsabilidade ambiental, em parceria com clientes que aspirem um futuro sustentável para as próximas gerações.

× Fale com a Inovar