Estudantes franceses propõem uso de canudos de amido de milho

Os canudos de plástico são apontados como os principais poluentes dos oceanos, devido a isso, associações, ONGs, autoridades e uma parte da população francesa vêm tentando diminuir a quantidade desse resíduo, que despejam todos os dias no meio ambiente.

Um grupo de estudantes de ensino médio, no nordeste da França, cidade de Estrasburgo, recentemente propuseram uma alternativa para o uso de canudo plástico: canudos feitos de amido de milho. Enquanto esses produtos de plástico demoram cerca de 450 anos para se decompor na natureza, estes são ecológicos e completamente biodegradáveis, somem em um prazo de seis a nove meses.

O projeto é chamado de PopStraw – os canudos pop –, uma brincadeira com a palavra popcorn, significa pipoca em inglês, uma alusão a outro produto feito de milho. O material foi escolhido por ser ecologicamente correto e ter um preço acessível. Os canudos começaram sendo vendidos apenas na cidade de Estrasburgo, onde eram entregues de bicicleta, mas atualmente estão disponíveis em todo o país.

A campanha para a proibição dos canudos de plástico conta com diversos apoios institucionais importantes. O ministério francês do meio ambiente e transição ecológica declarou uma lista de dez objetos descartáveis que deve ser evitados, entre eles o canudo.

Empresas como a Inovar Ambiental trabalham com o gerenciamento correto de cada tipo de resíduo, desde a coleta ao tratamento dos mesmos. Contribuindo para um futuro mais sustentável e compromissada com a melhora ambiental e social.

× Fale com a Inovar