Nova alteração na PNRS incentiva a logística reversa, entenda

Logística reversa

No dia 12 de janeiro de 2022, o presidente Jair Bolsonaro editou a Lei nº 12.305/2010. A regulamentação se refere a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)  e implementa o Programa Nacional de Logística Reversa. A mudança tem o objetivo de dar maior clareza às obrigatoriedades e atrair novos investimentos, segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República.

A logística reversa é desenvolvida para realizar a coleta e a recolocação dos resíduos sólidos no setor empresarial. O reaproveitamento ou a destinação final ambientalmente adequada são os pilares deste processo. Dessa forma, a logística reversa é um grande passo para o desenvolvimento econômico e social.

Assim, fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes que comercializam agrotóxicos (resíduos perigoso), pilhas, baterias, pneus, óleos lubrificantes, lâmpadas fluorescentes (de vapor de sódio e mercúrio e luz mista) e produtos eletrônicos (junto aos seus componentes) são responsáveis pela realização da logística reversa. 

O procedimento é feito estabelecendo metas progressivas, intermediárias e finais. O sistema pode adotar procedimentos de compra de produtos ou embalagens usadas e postos de entrega de resíduos recicláveis.

Leia também: Logística reversa evita descarte irregular de pneus inservíveis, entenda

Quais os benefícios do incentivo à logística reversa?

Logística reversa

A logística reversa pode ser realizada via contratação de empresas competentes e capacitadas na gestão, coleta, transporte, armazenamento e tratamento de resíduos. Os benefícios são diversos, como:

  1. Encerramento dos lixões

A logística reversa incentiva o reaproveitamento máximo dos materiais, portanto diminui o descarte desse material em lixões.

      2. Aumento da reciclagem

O tratamento dos resíduos, mesmo que feito por empresas contratadas, expande o entendimento da reciclagem no setor empresarial. Além disso, educa a instituição acerca da classificação dos resíduos.

      3. Preservação ambiental

Dar a destinação final ambientalmente adequada para os resíduos sólidos previne que eles sejam depositados de forma incorreta na natureza e impede a degradação ambiental.

A Inovar Ambiental realiza a gestão e o tratamento de resíduos e incentiva a adoção da logística reversa. Conte conosco para deixar sua empresa em conformidade com a legislação.

Leia também: Quais são as vantagens da reciclagem de resíduos? Confira!

A Inovar Ambiental

A Inovar Ambiental acredita que o correto gerenciamento de resíduos não deve levar em conta apenas os acidentes decorrentes dos efeitos imediatos. Riscos com efeitos de longo prazo também devem ser igualmente considerados nesse trabalho, assim como uma coleta periódica e a observância do grau de toxicidade de cada tipo de substância.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso  site, Facebook e Instagram.

× Fale com a Inovar