Ao menos 79 mil toneladas de resíduos eletrônicos foram transformadas em medalhas olímpicas

O mundo está voltado para as Olimpíadas de Tóquio. Inicialmente marcados para 2020, os Jogos Olímpicos tiveram de ser adiados em um ano devido à pandemia. Para a ocasião, o Japão optou por alternativas mais sustentáveis e servir de exemplo para o mundo. Além das camas disponibilizadas aos atletas serem feitas de reaproveitamento de papelão, as medalhas também são fruto da reciclagem. Dessa forma, as cerca de cinco mil medalhas distribuídas aos atletas vencedores, foram feitas a partir de resíduos eletrônicos.

Leia também: Conheça o SNUC e quais são suas obrigações

Quais são os resíduos eletrônicos? 

Os resíduos eletrônicos são classificados em quatro categorias, diferindo-se pelo tamanho e aplicação. Confira!

1 – Grandes equipamentos: geladeiras, freezers, máquinas de lavar, fogões, ar-condicionados, microondas, grandes TVs;

2 – Pequenos equipamentos e eletroportáteis: torradeiras, batedeiras, aspiradores de pó, ventiladores, mixers, secadores de cabelo, ferramentas elétricas, calculadoras, câmeras digitais, rádios;

3 – Equipamentos de informática e telefonia: computadores, tablets, notebooks, celulares, impressoras, monitores e outros;

4 – Pilhas e bateria portátil: pilhas modelos AA, AAA, recarregáveis, baterias portáteis de 9 V, etc.

Leia também: Classificação de resíduos sólidos evita ocorrências de tratamentos negligentes e danos ambientais

A Inovar Ambiental

A Inovar Ambiental acredita que o correto gerenciamento de resíduos não deve levar em conta apenas os acidentes decorrentes dos efeitos imediatos. Riscos com efeitos de longo prazo também devem ser igualmente considerados nesse trabalho, assim como uma coleta periódica e a observância do grau de toxicidade de cada tipo de substância.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso  site, Facebook e Instagram.

× Fale com a Inovar