Descarte incorreto de eletrônicos: entenda os impactos!

O descarte incorreto de eletrônicos pode acarretar em diversos impactos ambientais, contribuindo também para a geração de doenças nos seres humanos. Devido a predominância de metais pesados, principalmente do alumínio nestes objetos, até mesmo o câncer pode ser uma consequência.

Marco Antonio Cismeiro Bumba, professor de Engenharia Ambiental, conta que a maioria dos metais pesados tende a causar tumores, porque eles são bioacumulativos, ou seja, entram no corpo e se acumulam. 

Ao descartar incorretamente o lixo eletrônico, os impactos ambientais causados são a contaminação do solo, dos rios e dos lençóis freáticos. Isso coloca em risco a fauna, a flora e a saúde pública, que acaba sendo contaminada também pela cadeia alimentar. 

Leia também: Edital prevê R$ 3,2 milhões em investimento para coleta seletiva em Minas Gerais

Descarte incorreto de eletrônicos: exemplos de equipamentos

Segundo o relatório The Global E-waste Monitor, em 2020 foram descartados 7,6 toneladas de resíduos eletrônicos. 

Segue abaixo alguns exemplos de lixo eletrônico:

  • Celulares;
  • Tablets;
  • Computadores;
  • TVs;
  • Geladeiras;
  • Baterias;
  • Máquinas de lavar; 
  • Pilhas;
  • Lâmpadas; 
  • Câmeras.

Descartá-los corretamente é dever de cada indivíduo na sociedade. Pratique a logística reversa!

Leia também: Confira as Obrigações Legais Ambientais com prazo para final de setembro de 2021

A Inovar Ambiental

A Inovar Ambiental acredita que o correto gerenciamento de resíduos não deve levar em conta apenas os acidentes decorrentes dos efeitos imediatos. Riscos com efeitos de longo prazo também devem ser igualmente considerados nesse trabalho, assim como uma coleta periódica e a observância do grau de toxicidade de cada tipo de substância.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso  site, Facebook e Instagram.

× Fale com a Inovar