Geração de resíduos cresceu 18% durante a pandemia no Brasil

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), em comparação entre os anos de 2010 a 2019, a geração de resíduos no Brasil aumentou 18% em 2020. Entretanto, a taxa de reciclagem ainda é baixa. 

De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), em 2019, cada brasileiro produziu cerca de 379 kg de resíduos, porém a taxa de reciclagem foi de 2,1%. Este percentual não sobe há pelo menos 3 anos. A meta estipulada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é chegar em 2040 reciclando 10 vezes mais do que em 2019. Porém algumas questões ainda devem ser resolvidas. 

Para aumentar a porcentagem de reciclagem, o país deve se adaptar ao projeto de coleta seletiva, no entanto apenas 41,4% da população tem acesso a este processo. O intuito da PNRS é que a coleta alcance 72,6% da população! 

Leia também: Inovar Ambiental participa de live sobre compensação tributária; veja como foi

Qual a relação entre a coleta seletiva e a reciclagem?

Com a alta geração de resíduos, a prática de reciclar é essencial. A reciclagem é o processo de transformação de um resíduo em um outro produto ou matéria-prima. Assim ele pode ser utilizado na fabricação de novos produtos. Dessa forma, o resíduo, após ser descartado corretamente, é recolhido e passa pela triagem, onde, caso reciclável, será separado de acordo com o tipo de material (plástico, vidro, metal e papel) e receberá sua destinação adequada. 

O processo de recolhimento dos resíduos é feito através da coleta seletiva. Os materiais são coletados e separados de acordo com a sua tipologia. A forma mais comum é a separação por cor em lixeiras ou a disposição em locais apropriados para recicláveis e matéria orgânica. Este processo, além de facilitar a triagem em cooperativas, cria uma consciência ecológica na população, pois ensina que nem tudo que é descartado é inutilizável.

A coleta seletiva e a reciclagem realizam um trabalho colaborativo na diminuição de resíduos do país. Além de ser uma forma de evitar que os materiais sejam descartados de forma incorreta no meio ambiente, os procedimentos geram emprego e renda para prestadores de serviço público e diminuem o uso de recursos naturais. 

Leia também: Coleta comum, seletiva e industrial: saiba um pouco mais sobre cada uma delas

A Inovar Ambiental

A Inovar Ambiental acredita que o correto gerenciamento de resíduos não deve levar em conta apenas os acidentes decorrentes dos efeitos imediatos. Riscos com efeitos de longo prazo também devem ser igualmente considerados nesse trabalho, assim como uma coleta periódica e a observância do grau de toxicidade de cada tipo de substância.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso  site, Facebook e Instagram.

× Fale com a Inovar