Como classificar os resíduos industriais e qual o tratamento adequado?

Os resíduos industriais são aqueles provenientes das atividades fabris e que não podem receber descarte comum. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) prevê o descarte correto destes materiais que podem gerar impactos no meio ambiente, porém, antes os resíduos devem ser processados adequadamente.

Todos os resíduos têm características próprias, como os aspectos físicos, químicos e biológicos. Analisar estes resíduos auxilia na sua classificação e na escolha da destinação menos agressiva ao meio ambiente. A NBR 10.004/04 orienta a classificação dos resíduos de acordo com os riscos potenciais que eles conferem ao meio ambiente e à saúde pública. 

Os principais modos de destinação são:

  • Coprocessamento: destinação final térmica que possibilita a transformação do resíduo em combustível para fornos das indústrias cimenteiras.
  • Manufatura reversa: processo de descaracterização dos materiais para que eles possam ser reciclados ou, no caso dos não recicláveis, receber a destinação final. 
  • Fragmentação: transforma documentos e outros produtos em pedaços minúsculos para que as marcas ou qualquer identificação fiquem ilegíveis.
  • Incineração: os resíduos são queimados usando fornos ou usinas próprias

Leia também: Quais são as vantagens da reciclagem de resíduos? Confira!

Classificação dos resíduos industriais

  1. Resíduos Classe I (perigosos)

Resíduos identificados com grau de periculosidade devido a características específicas, como a corrosividade, inflamabilidade, patogenicidade, reatividade e toxicidade. 

     2. Resíduos Classe II A (não perigosos, orgânicos e não inertes)

São aqueles que possuem propriedades como a biodegradabilidade, a combustibilidade ou a solubilidade em água. Não são corrosivos, inflamáveis, tóxicos ou patogênicos.

      3. Resíduos Classe II B (não perigosos e inertes)

Resíduos não solúveis ou inflamáveis. Além disso, não sofrem reações físicas ou químicas e não afetam outras substâncias quando entram em contato. Também não contamina a água, um exemplo deste resíduo é a sucata de ferro. 

A Inovar Ambiental realiza o tratamento e a destinação final de resíduos industriais. Auxiliamos a sua empresa e, em conjunto, diminuímos os impactos ambientais. Conte conosco!

Leia também: Lixo industrial: como o setor deve descartar os seus resíduos?

A Inovar Ambiental

A Inovar Ambiental acredita que o correto gerenciamento de resíduos não deve levar em conta apenas os acidentes decorrentes dos efeitos imediatos. Riscos com efeitos de longo prazo também devem ser igualmente considerados nesse trabalho, assim como uma coleta periódica e a observância do grau de toxicidade de cada tipo de substância.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso  site, Facebook e Instagram.

× Fale com a Inovar